| Login | Crie o seu Jornal Online FREE!

Leo Cunha - Literatura infanto-juvenil
Desde: 22/12/2003      Publicadas: 217      Atualização: 28/05/2015

Capa |  Biografia de Leo Cunha  |  Entrevistas  |  Fortuna Crítica  |  Galeria  |  Livro a Livro  |  Notícias  |  Oficinas  |  Opinião  |  Poemas Animados  |  Prêmios  |  Teoria  |  Todos os Livros  |  • Contatos


 Entrevistas

  17/03/2011
  0 comentário(s)


Entrevista à revista Direcional Educador

Autor de livros com humor, ação, aventura, terror e poesia, o escritor Leo Cunha acredita na diversidade para atrais crianças e jovens para a literatura.

Os livros do mineiro Leo Cunha são marcados por humor, aventura, mistério, tudo temperado com muita poesia. Leo começou jovem na literatura. Seu primeiro livro foi publicado quando ele tinha 25 anos. Hoje, 18 anos depois, ele é um nome respeitado na literatura infanto¬juvenil. O talento de Leo para as letras vem de família. Sua mãe, Maria Antonieta Cunha, é crítica literária e autora de diversas publicações sobre leitura e literatura.

Para o menino que vivia cercado de livros e autores, ter se tornado escritor não foi propriamente uma surpresa. Leo chegou a cursar Economia, "mas tive o bom senso de largar o curso pela metade", conta. Cursou então Jornalismo e Publicidade na PUC-MG. Apesar da literatura ter ganhado espaço definitivo em sua vida, não abandonou o jornalismo. Dá aulas no curso de Jornalismo da Uni-BH e acredita até em certa influência entre as duas carreiras, a de jornalista e a de escritor:
"A influência principal talvez esteja nas crônicas, pois este é um gênero que fica bem na confluência entre o jornalismo e a literatura. Acho que, por trabalhar nos dois campos, eu acabei me interessando mais pelo jornalismo menos 'urgente', menos interessado em furos e grandes investigações, e mais interessado na crlação de textos envolventes e de conexões criativas."

Leo considera as crônicas um gênero sedutor de literatura, e ideal para atrair para o livro aqueles leitores que ainda não têm o hábito da leitura. O humor, aliás, é para Leo outro fator fundamental para transformar crianças e jovens em ávidos leitores. Até mesmo o doutorado em Cinema, que Leo cursa na UFMG, trata do tema da comédia, mais especificamente os heróis cômicos no cinema francês.

Para o escritor que transita entre várias formas de linguagem, a literatura não tem a função de ensinar nada a seus leitores: "A literatura deve despertar o prazer da leitura, não escrevo para ensinar. Mas procuro fazer histórias que sejam divertidas, ou assustadoras, e não entro em modismos que são comuns na literatura." Entre alguns de seus títulos, estão Sorte Grande e Manual de desculpas esfarrapadas (ambos pela FTD), Lápis Encantado (Quinteto Editorial), 22 brincadeiras de linhas e letras e Clave de Lua (os dois pela Paulinas), O macacão espantado (Salamandra) e Três terrores (Atual). No último Salão FNLlJ do Livro para Crianças e Jovens, que aconteceu em junho no Rio de Janeiro, Leo Cunha autografou Turmas do prédio, da turma e do bairro (Editora Dimensão) e a coleção Clube dos Segredos (pelo selo juvenil Galera, da editora Record), onde escreve um conto por livro ao lado de Luiz Antônio Aguiar, Rogério Andrade Barbosa, Pedro Bandeira e Rosana Rios. Confira a seguir as ideias de Leoa respeito da literatura infanto-juvenil.

Entrevista à jornalista Luiza Oliva, da revista Direcional Educador, nº 54, publicada em julho de 2009.



  Mais notícias da seção Literatura no caderno Entrevistas
28/05/2015 - Literatura - Entrevista ao programa Inconfidências
Entrevista sobre minha carreira, livros e ideias....
19/02/2014 - Literatura - Entrevista ao blog Leiturinhas
Leia a entrevista concedida à blogueira Carla Kühlewein, sobre minha carreira literária e, claro, minhas "leiturinhas" desde criança....
31/10/2013 - Literatura - Entrevista ao programa Universo Literário, da UFMG Educativa
Está no ar a minha entrevista à jornalista Rosaly Senra, na qual falamos sobre diversos livros (e põe diversos nisso!)- Haicais para filhos e pais (poesia)- Era uma vez à meia-hoite (contos)- O reino adormecido (teatro)Quem quiser ouvir é só visitar o link:www.ufmg.br/online/radio/arquivos/004239.shtml...
06/10/2013 - Literatura - Entrevista ao programa "Leituras", da TV Senado
Assista à entrevista na íntegra:...
08/10/2012 - Literatura - Entrevista para o Sobrecapa Literal
Fui entrevistado pelo Alex Gomes para a edição nº 20 do Sobrecapa Literal, jornal editado pela Ana Cristina Melo....
15/05/2012 - Literatura - Saudade do era uma vez?
Entrevista à reporter Fernanda Carvalho, do Observatório Feminino. ...
30/01/2012 - Literatura - Programa Panorama: a arte de escrever literatura infantil
Fui entrevistado no Programa Panorama, da TV Assembléia, em 25/01/2012. Assista à entrevista no site da ALMG...
19/09/2011 - Literatura - Entrevista para a editora FTD
Este mês (setembro de 2011) sou o entrevistado da revista Acontece, da editora FTD....
29/11/2009 - Literatura - Entrevista à TV UNI-BH
Nesta matéria, falo dos meus livros, das aulas e das minhas paixões....
03/07/2009 - Literatura - Espaço do Escritor (revista Direcional Educador)
Autor de livros com humor, ação, aventura, terror e poesia, o escritor Leo Cunha acredita na diversidade para atrair crianças e jovens para a literatura....
17/04/2009 - Literatura - Entrevista à Radio Unesp
No link abaixo você pode ouvir a entrevista que eu concedi ao jornalista Oscar D'Ambrosio, no programa Perfil Literário, da Rádio Unesp FM....
19/06/2008 - Literatura - Conversas no Sótão
Reproduzo aqui a entrevista que concedi ao escritor Marcelo Maluf, publicada em seu blog "Labirintos no Sótão"...
17/04/2006 - Literatura - Cada um encontra o seu caminho
Entrevista publicada em abril de 2006 pelo Jornal Laboratório Impressão, do Centro Universitário de Belo Horizonte (UNI-BH)....
23/01/2006 - Literatura - Entre o jornal e o livro
Esta ótima reportagem da jornalista Ariadne Lima, publicada na revista PQN e no site Cronópios, baseou-se em entrevistas com diversos escritores/jornalistas.Leia a matéria e também a minha entrevista na íntegra....
19/01/2010 - Literatura - Em olho fechado não entra estrela
Reprodução da entrevista que eu concedi à escritora e jornalista Rosa Amanda Strausz, do site Doce de Letra.Quando publicou sua primeira história, Em boca fechada não entra estrela, Leo Cunha tinha apenas 25 anos. Mas já trazia na bagagem dois prêmios importantes: o João de Barro e o prêmio de literatura infantil do Paraná. Dez anos e vinte livros...
19/01/2004 - Literatura - Leo Cunha: De viva voz
Reprodução da entrevista concedida à “Revista Latinoamericana de Literatura Infantil Y Juvenil”, publicada pelo Ibby Latinoamérica, em 1996....
24/12/2013 - Literatura - Histórias com um olhar de criança
Reprodução da matéria publicada no jornal "Estado de Minas" (23/08/03), a partir de entrevista dada ao jornalista Augusto Pio....



Capa |  Biografia de Leo Cunha  |  Entrevistas  |  Fortuna Crítica  |  Galeria  |  Livro a Livro  |  Notícias  |  Oficinas  |  Opinião  |  Poemas Animados  |  Prêmios  |  Teoria  |  Todos os Livros  |  • Contatos
Busca em

  
217 Notícias


Todos os Livros
 

Literatura

 

Livros por ordem de lançamento

 

Por título

 

Minha obra, de A a Z

 

Por ilustrador

 

Muito mais do que desenhos

 

Coletâneas

 

Bem acompanhado

 

Por gênero

 

Poesia, prosa, crônica e teatro