| Login | Crie o seu Jornal Online FREE!

Leo Cunha - Literatura infanto-juvenil
Desde: 22/12/2003      Publicadas: 217      Atualização: 28/05/2015

Capa |  Biografia de Leo Cunha  |  Entrevistas  |  Fortuna Crítica  |  Galeria  |  Livro a Livro  |  Notícias  |  Oficinas  |  Opinião  |  Poemas Animados  |  Prêmios  |  Teoria  |  Todos os Livros  |  • Contatos


 Opinião

  08/01/2004
  1 comentário(s)


Um dicionário descontraído

Texto publicado em 1997, sobre o "Dicionário de Humor Infantil", de Pedro Bloch (Ediouro)

Um dicionário descontraídoUm tempo atrás, escrevi sobre um saboroso dicionário elaborado na França a partir de definições dadas por crianças (o nome é "Le Gros Dico des tout petits"), e sugeri que alguma editora brasileira traduzisse o livro, ou, melhor ainda, criasse uma versão brasileira.

E não é que agora me chega às mãos, recém saído do forno, um "Dicionário de Humor Infantil", lançado pela Ediouro?

Trata-se, na verdade, de uma compilação de frases ouvidas ou lidas por Pedro Bloch durante os muitos anos em que conviveu com crianças e escreveu na imprensa a coluna "Criança diz cada uma".

Apesar de ser bem menor, e menos "científico" do que o "Gros Dico" francês (resultado de uma ampla pesquisa envolvendo psicólogos,
sociólogos e pedagogos), o dicionário de Pedro Bloch consegue reunir várias preciosidades do imaginário infantil. Exemplos?

Rede: é uma porção de buracos amarrados com barbante.

Distância: a Europa fica mais longe que a Lua, porque a Lua eu vejo.

Reflexo: é quando a água do lago se veste de árvores.

Lua: é toda de mel ou só um pedaço?

As definições - a maioria dada por crianças entre 3 e 9 anos - revelam um olhar que é ao mesmo tempo poético e irônico, sábio e ingênuo.

Aliás, o prefácio lembra muito bem: "toda criança nasce para ser gênio. Nós, adultos, é que as estragamos."

Outro ponto a destacar é o projeto gráfico, muito distante do estilo habitual dos dicionários - aquelas letras minúsculas, entrelinhas apertadas, páginas cheias, aparência séria e pouco convidativa.

O dicionário da Ediouro aposta na descontração - apropriada à idade dos "autores". Vemos isto desde a capa amarela, com o desenho colorido de uma criança fantasiada de palhaço, até a diagramação leve, cheias de espaços em branço e ilustrações que chegam a ocupar páginas inteiras.

Mariana Massarani, que ilustra o livro, usa o mesmo estilo que a consagrou no Jornal do Brasil: humor, nonsense e um traço simples que
quase pode ser tomado por um desenho infantil.

Reunindo o olhar atento de Bloch e a brincadeira visual de Mariana, este Dicionário de Humor Infantil é ótima leitura para pais, professores, poetas e (por que não?) para crianças.



  Mais notícias da seção Artigo no caderno Opinião
25/11/2011 - Artigo - A piscina de livros
Este meu artigo foi publicado na edição 33 da revista "Carta Fundamental" (nov/2011), na seção "Meu primeiro grande livro". Escolhi falar sobre "O Mágico de Oz"....
26/03/2004 - Artigo - Sylvia viaja e não sai de (nossa) casa
Crônica escrita em homenagem a Sylvia Orthof, na semana da morte, em julho de 1997....
17/02/2004 - Artigo - Uma escritora parecida com a gente
Artigo que escrevi sobre a obra da escritora Rosa Amanda Strausz, publicado na Revista Releitura, da Biblioteca Pública Infantil e Juvenil de Belo Horizonte (BPIJBH), em fevereiro de 2004....
15/01/2004 - Artigo - Em busca de uma literatura infantil de qualidade
Este texto é um trecho do artigo “Literatura Infantil e Juvenil”, que publiquei no livro “Formas e Expressões do Conhecimento”, editado pela Escola de Biblioteconomia da UFMG em 1998. Traz algumas considerações sobre os livros infantis no Brasil....
24/12/2003 - Artigo - O que rola entre os livros e os bytes
Artigo publicado em 2000, a partir da já velha questão: a internet vai acabar com os livros?...
24/12/2003 - Artigo - Nick Hornby, um torcedor de alta fidelidade
Artigo sobre o livro "Febre de Bola", de Nick Hornby, um dos meus preferidos autores-pop, que também escreveu "Alta Fidelidade" e "Um grande garoto", entre outros....
24/12/2003 - Artigo - Parabéns a todas as Alices
Artigo publicado no centenário de morte do escritor Lewis Carrol, autor de "Alice no País das Maravilhas, na revista Presença Pedagógica, da Editora Dimensão...
24/12/2003 - Artigo - Buena Vista, ótima audição
"Buena Vista Social Club": veja o filme, ouça o disco, assista ao show, leia o livro (se é que foi publicado)...
23/12/2003 - Artigo - O autor e a escola
Artigo publicado originalmente no site Asa da Palavra, da minha amiga baiana Lena Lois....
23/12/2003 - Artigo - Publicar: verbo cronicamente inviável
Artigo publicado em 2000, sob o impacto do filme "Cronicamente inviável" e do fim da revista "Palavra"...
23/12/2003 - Artigo - Meu bate-papo com Cybelle.cjb.net
Este artigo, publicado em 2000, comenta um bate-papo que travei com uma mulher virtual...
23/12/2003 - Artigo - Artigos definidos e indefinidos
Esta seção reúne algumas idéias que publiquei sobre mídia, cultura e arte....
23/12/2003 - Artigo - Estranhos no ninho de Milos Forman
Diretor olha com fascínio os gênios incompreendidos e atormentados...



Capa |  Biografia de Leo Cunha  |  Entrevistas  |  Fortuna Crítica  |  Galeria  |  Livro a Livro  |  Notícias  |  Oficinas  |  Opinião  |  Poemas Animados  |  Prêmios  |  Teoria  |  Todos os Livros  |  • Contatos
Busca em

  
217 Notícias


Todos os Livros
 

Literatura

 

Livros por ordem de lançamento

 

Por título

 

Minha obra, de A a Z

 

Por ilustrador

 

Muito mais do que desenhos

 

Coletâneas

 

Bem acompanhado

 

Por gênero

 

Poesia, prosa, crônica e teatro